quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Pra você guardei todo o amor que nunca soube dar,
o amor que sempre esteve comigo mas nunca tive a quem entregar;
Pra você entreguei o amor que sempre quis mostrar,
O amor que encontra na saudade a vontade de sorrir;
Guardei, sem saber quem iria receber, guardei sem
ter razão ou porque.
Guardei o amor ate me achar em você e explicações
nunca foram tão desnecessárias.
Pra você guardei aquele amor, que sempre vi e aprendi
com meus pais, aquele amor puro, aquele amor compreensivo,
aquele amor que todos procuram mas nem todos enxergam quando
ele esta bem na sua frente.
Pra você guardei o amor que da uma espécie de medo,
mas não é medo de você, é medo de não ter esses seus olhos
e seu sorriso aconchega dor,é medo de me perder sem você.
Por: Caio

5 comentários:

Suzana disse...

Lindo suas palavras...
Isso me faz lembrar de uma música do Nando Reis!
Simplesmente amo!

Jeniffer Haddad disse...

Nossa, que romântico. Achei muito lindo o texto ^.^

Amanda Figueiredo disse...

Que lindo ! Estou seguindo (:

Nice disse...

É, eu também achei que fosse a musica do Nando Reis. Ótima adaptação, parabéns!

Érika Viana disse...

curti.....realmente o começo dá a impressão q é a música......
No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve nas outras postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
http://pinupclothingbrasil.blogspot.com/